© Todos os Direitos Reservados 

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White YouTube Icon

ENTRE EM CONTATO

Raquel Freitas

Baby Planner | Assessora Materna

Como Cuidar das Roupinhas do Bebê

15.09.2017

Você está grávida, já comprou o enxoval do bebê e não sabe por onde começar para deixar tudo lavadinho antes do nascimento do bebê?

Ou o bebê já nasceu e você ainda tem dúvidas de como cuidar e conservar as roupinhas e enxoval?

É normal ter essas dúvidas, afinal, o enxoval do bebê é tão delicado e a pele do bebê também, então, é necessário tomar alguns cuidados especiais e lavar de modo diferente do restante da roupa da casa.

 

 

Primeira Lavagem do Enxoval e Roupinhas do Bebê

 

É muito importante lavar todas as roupinhas, gorros, luvas, meias, lençol, toalha, babinhas e tudo o que faça parte do enxoval do bebê antes do primeiro uso.

Muitas pessoas não tem costume de lavar as roupas antes do primeiro uso, mas pense que a pele do bebê é delicada e ele ainda não possui imunidade ao nascer. Você não sabe de que maneira as peças foram manuseadas desde a confecção do tecido até chegar na sua casa. Já vi algumas roupinhas e enxoval com essências para ressaltar os sentidos do cliente que irá comprá-la e esse perfume não é adequado para recém-nascidos.

 

Qual o momento ideal para lavar as peças?

 

As roupinhas já devem estar lavadas e passadas ao arrumar a mala de maternidade, então, esse processo deve ser feito por volta 32ª semana de gestação, momento em que a malinha já pode ser arrumada para garantir certa antecedência a data do parto (veja as dicas de como arrumar a mala de maternidade). No caso de gêmeos, programa-se para ter tudo pronto por volta da 24ª semana, já que existe a chance de parto prematuro.

Nessa fase, geralmente, a gestante já está bastante cansada, com a barriga pesada. Caso não tenha alguém que possa lavar as peças por você, comece antes e programa-se para fazer aos poucos conforme a gravidez for avançando.

 

O que lavar primeiro?

 

Separe as peças que o bebê vai utilizar logo ao nascer, como roupinhas tamanho RN e P, luvinhas, gorros, meias, lençol, mantas, fraldinhas, babinhas e toalha de banho ( veja dicas de como escolher o tamanho das roupinhas do bebê).

Parece muita coisa né? E realmente é o maior volume logo de cara, mas já vi mães lavando TUDO o que comprou para o bebê, incluindo peças que só vai usar com 1 ano de idade. Essa parte pode ficar para depois, conforme o bebê for crescendo e você perceber que logo o bebê passará a usar o tamanho seguinte.

Lembre-se de lavar também o kit de berço, afinal o bebê terá contato direto com essas peças dentro do berço. Apesar de controverso (os pediatras não recomendam utilizar kit de berço por ter risco de sufocamento), muitas mães ainda utilizam os protetores. Se você é uma dessas, verifique antes de comprar se as peças possuem zíper para que possa remover os enchimentos para lavar. 

 

 

Como Lavar

 

A maioria das peças de bebê são delicadas, de algodão ou tricô e devem ser lavadas a mão para evitar qualquer dano. 

Mas não pode lavar na máquina? Se a peça não for extremamente delicada (como tricô, renda, bordados, etc) até pode, desde que seja usada a programação para roupas delicadas, mas se a etiqueta indicar que deve ser lavada a mão, será por sua conta e risco qualquer dano que poderá ocorrer ao produto.

Por experiência de mãe, eu digo que roupinhas simples podem ser lavadas na máquina sem qualquer problema. Exemplo: roupinhas de malha ou plush sem bordado, lençol, mantas simples, toalha de banho.

Independente de lavar à mão ou na máquina, utilize pouco sabão e nada de amaciante ou qualquer outro produto com cheiro forte. Lembre-se que o bebê ainda tem o olfato muito delicado e qualquer cheiro forte pode provocar alergias ou crises respiratórias. 

Sempre utilize sabão neutro, como sabão de coco ou produtos específicos para roupinhas de bebê. Indico a sabão líquido Roma, Vida Macia, Omo para Roupas Delicadas e Sabão de Coco Líquido. Já usei todos eles e todos são ótimos!

O sabão em pó é uma substância alcalina (pH maior do que sete) e pode deixar resíduos com pH alto na roupa, o que não é indicado para bebês com pele sensível. O sabão líquido específico para roupas delicadas é o ideal. Um bom enxágue também é essencial.

Antes de misturar as roupas na lavagem, teste se a peça não solta tinta, senão corre o risco de manchar tudo! Geralmente, peças com cores fortes ou escuras costumam soltar tinta.

Algumas peças coloridas devem ser secas somente a sombra para evitar que desbotem, mas em geral, a maioria pode ser estendida ao sol sem problema.

 

 

Como Passar

 

Assim como as roupas de adulto, deve-se observar na etiqueta a indicação da temperatura do ferro para cada peça.

Peças em algodão podem ser passadas a ferro quente, enquanto peças com material sintético pedem uma temperatura um pouco mais baixa.

Sempre tome cuidado com tecidos com renda, tule ou bordados. O ferro pode derreter o tule, rasgar a renda e soltar os bordados. Evite passar o ferro nessas áreas.

A temperatura quente ajuda a matar bactéricas que eventualmente ainda possam estar na peça. Sempre passe as fraldinhas de boca, mantas e lençóis, assim como as roupinhas que entrarão em contato direto com a pele do bebê.

 

Como Tirar Manchas

 

Mamães de primeira viagem acreditem, mas é muitoooo comum vazar o cocô do bebê nessa fase inicial, mesmo utilizando as melhores fraldas. Isso porque as fezes ainda possuem uma consistência muito líquida e podem vazar facilmente. Aí aquela roupinha branca linda fica manchada e amarelada.

Quando isso acontecer, o ideal é colocar a roupa de molho na mesma hora com um pouquinho de sabão. Deixe assim por alguns minutinhos e depois tente esfregar. A maioria das manchas saem facilmente nesse processo, mas se não sair você ainda pode tentar outras alternativas, como por exemplo, esfregar com uma escovinha de dente (eu tinha uma escova separada na lavanderia só pra isso e foi o que mais me ajudou para não esfolar a mão de tanto esfrega esfrega). Outra dica é deixar de molho na água quente ou fazer o último enxágue com vinagre branco. Nem pense em usar água sanitária.

A dica de colocar a peça de molho rapidamente vale para qualquer tipo de mancha. Se ficar para lavar no dia seguinte e mancha secar será muito mais difícil a remoção.

 

Como Guardar as Roupinhas para o Próximo Filho

 

Guarde a roupinha limpa e de preferência embale em saco à vácuo. Isso garante maior durabilidade  e dá pra guardar as peças por alguns anos. 

Só não esqueça de começar novamente todo o processo de lavagem antes do nascimento do próximo bebê. Mesmo que as peças tenham sido guardadas lavadas, é provável que junte ácaros e podem ter aquele cheirinho desagradável de roupa guardada.

 

Dica extra: Se alguém se oferecer para ajudá-la nessa tarefa, aceite! Você estará cansada, com muitas preocupações na reta final e qualquer ajuda é bem vinda. Se tiver alguém que já cuida das roupas na sua casa, não se esqueça de reforçar os cuidados especiais com as roupinhas do bebê.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

QUEM SOU

Baby Planner,Publicitária e Designer

 

Sempre estive por dentro desse universo infantil, pois, trabalho com mamães e bebês há mais de 15 anos.

Sou Baby Planner (Assessora Materna) certificada pelo IMPI e IABPP e auxilio famílias a escolherem os produtos e serviços essenciais para a grávida e o bebê durante a gestação e pós parto.
Sou mãe da Isabella de 2 anos e estou descobrindo novidades sobre esse universo infantil.
Sempre temos algo a aprender e estou compartilhando com vocês minha experiência nesse Blog com Dicas de Mãe.

Gostou? Deixe seu comentário e siga meu perfil no Instagram @napalmadamae com mais dicas e fotos.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon

ENTRE EM CONTATO

BUSCA
ARQUIVO
Please reload

SIGA NO INSTAGRAM
instagram napalmadamae mosaico.jpg
INSCREVA-SE NO CANAL
LEIA TAMBÉM

April 1, 2019

February 28, 2019

Please reload

BABY PLANNER CERTIFICADA

Leia Também

Please reload