Como amamentar corretamente

Recentemente, contei pra vocês a minha experiência com amamentação dos meus 2 filhos nesse outro post (leia aqui).


Um dos problemas que tive ambas as vezes foi em relação ao ingurgitamento mamário (quando o leite empedra) e mastite (quando o duto mamário entupido causa infecção).

Na amamentação da minha primeira filha, cheguei a ir para o hospital com febre devido à mastite e tive que tomar antibiótico.


Já com o segundo filho, aprendi a cuidar corretamente da minha mama e consegui evitar que o ingurgitamento chegasse a esse ponto.


É importante saber como cuidar da sua mama para ter sucesso na amamentação. Então, vamos aprender algumas técnicas?


Imagem: Freepik.com


CUIDADO COM A MAMA


A coisa mais importante para amamentar corretamente é o cuidado com o corpo, e principalmente com as mamas.


Antes de tudo, é preciso dizer que existem uma série de cuidados gerais, mas que cada mamãe vai montar a sua rotina de acordo com o que ela sente mais a vontade em fazer e de acordo com eventuais problemas que possam aparecer. O que serve para uma mamãe não necessariamente servirá para outra. Portanto, é necessário conhecer os cuidados e os problemas mais comuns para avaliar diferentes alternativas.


COMO FUNCIONA O ALEITAMENTO


Agora, vamos entender como funciona o aleitamento. A mama tem uma estrutura que lembra um cacho de uvas, onde cada uva seria um alvéolo. Nesse alvéolo, o leite é produzido e armazenado. Conforme o bebê faz força para sugar, o leite passa pelos dutos que funcionam como canudinhos até o bico.


A função do bico da mama nesse processo é apenas saída do leite, e qualquer tipo de bico pode amamentar. Mesmo que o bico seja invertido, o importante é o bebê conseguir sugar, o leite sairá do mesmo jeito.


COMPRESSAS FRIAS, NUNCA QUENTES OU GELADAS


Um cuidado importante é com relação às compressas quentes e frias. A compressa quente nas mamas vai dilatar os dutos, o que pode aumentar o fluxo de leite e atrapalhar a amamentação do bebê. O bebê muito novinho não consegue controlar a força que ele faz para sugar e pode se engasgar.


A compressa gelada também aumenta o volume produzido porque o corpo da mamãe está quente, e o contato muito frio causa um choque térmico que estimula a produção de mais leite.


O ideal é a compressa fria, aquela feita com água entre 15 a 25 graus. Pode ser feita com uma fralda ou um utensílio específico para compressa nas mamas.


MASSAGEM ANTES


Outro cuidado a ser tomado é a massagem pré-amamentação. Aqui o objetivo é deixar a auréola, a região do bico bem flexível. Porque é muito comum o bebê amamentar com uma auréola muito rígida pelo excesso de leite e causar fissuras no bico.


A massagem deve começar pressionando levemente a região em torno do bico para aliviar a pressão de leite na saída. Assim, a massagem desobstrui os dutos mais próximos da boca do bebê.


Em seguida, a mamãe prossegue a massagem apalpando a mama para localizar pontos de rigidez. Com leve pressão de dois dedos é possível desfazer esses pontos.


Muito importante: essa massagem pode causar uma certa dor ou incômodo, mas é necessária. Caso os pontos de rigidez não sejam desfeitos, eles podem se espalhar e "empedrar" a mama toda. Nesse caso, a massagem deverá ser mais forte e vai causar mais dor.


Esses cuidados deve perdurar durante toda a fase de amamentação. Não é apenas no primeiro mês, porque o risco de acúmulo de leite existe sempre que a mama está produzindo. Não existe um medicamento para dissolver esses pontos de rigidez, portanto a melhor solução é a própria massagem.


PEGA CORRETA


No primeiro mês de amamentação, a mamãe deve assistir e ajudar o bebê a mamar. Não é apenas colocar no colo e dar o peito. É preciso monitorar o bebê mamando e observar os sinais de amamentação incorreta.


Não é recomendado que o bebê fique estralando a língua ou aparecer a covinha enquanto ele mama, porque são sinais que o bebê está fazendo muita força pra sugar, podendo causar cólica nele mesmo por ingerir muito ar ou causar ferimentos no bico.


Por fim, a melhor posição para o bebê amamentar é quando a barriguinha dele está encostando na da mamãe, porque assim ele ingere o leite com o pescoço direcionado. Se ele estiver de lado, com o pescoço virado, pode machucar. Então, se durante a mamada você observar covinhas ou estralo de língua, você pode parar para consertar e dar o peito novamente. A amamentação sempre tem que ser suave e natural, nunca forçada.


INFORMAÇÃO


Costumo dizer que a informação de qualidade é um dos pontos de sucesso para a amamentação.


Uma ótima opção para as mamães é fazer um Curso de Amamentação. Assim, é possível aprender técnicas importantes com um profissional especializado.


Após o nascimento do bebê, o tempo fica tão corrido, não é mesmo? Por isso, o curso online é ideal, assim você assiste as aulas no seu ritmo e poderá fazer os ajustes necessários para corrigir problemas na amamentação.


Clique Aqui e Conheça o Curso de Amamentação - Mamãe Completa


#amamentação #cuidadoscomasmamas #leitematerno #dicasamamentação

ENTRE EM CONTATO

Raquel Freitas

Baby Planner | Assessora Materna

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White YouTube Icon

© Todos os Direitos Reservados